energy_wechselrichter_solar_windkraft_gettyimages-522921291_2000x2000.jpg

Conexão segura para a transição da energia

O principal objetivo da indústria de geração e distribuição de energia é garantir a segurança e confiabilidade do fornecimento de energia. Os produtos da WAGO oferecem os mais altos níveis de segurança e qualidade. Nós temos uma linha completa de produtos que abrange desde tecnologias de interconexão elétrica a soluções de automação.

Operadores de usinas de energia ecológica competem intensamente pelo quilowatt-hora mais barato e devem prestar atenção à eficiência e custos baixos ao instalar seus sistemas. Eles também são obrigados a conectar sistemas de um determinado tamanho ao operador da rede, para que possam ser regulados remotamente, se necessário. Isso requer a comunicação por telecontrole

Gerenciamento de parque solar: o controle fácil da rede fotovoltáica

Para permitir a comunicação entre produtores de eletricidade e operadores de redes elétricas, os operadores de usinas fotovoltaicas revertem para protocolos de telecontrole. Os controladores WAGO oferecem uma interface padronizada e fácil de usar para usuários, baseada nos padrões IEC 60870-5-101/-103/-104, 61400-25, 61850-7-420 (Servidor/Cliente), MODBUS, DNP3. Vantagens da solução de comando remoto da WAGO:

  • Comunicação direta entre o sistema de telecontrole e o inversor de energia ou para o registrador de dados do sistema solar
  • Interfaces ETHERNET separadas permitem a criação de redes paralelas
  • Segurança cibernética: Criptografia que segue as diretrizes de energia e segurança mais rigorosas da Europa por BDEW e BSI
  • Conectividade na nuvem: conexão à nuvem graças a um upgrade do software MQTT
  • O gerenciamento protegido por senha e baseado na web, impede que usuários não autorizados alterem as configurações do sistema.
  • Blocos de função livres para recursos expandidos, como registradores de dados e inversores
  • Implementação dos respectivos requisitos do operador de rede para alimentação de energia ativa e fonte de alimentação reativa
  • controle cos ϕ ou Q/U (controle de energia reativa) de acordo com a característica
  • Integração de sistemas de medição externos da média tensão (dispositivos de análise da rede, indicadores de curtos-circuitos, proteção da rede e de equipamentos) por meio de protocolos Modbus TCP/RTU ou outros barramentos de campo
  • Registro de dados de desempenho de baixa tensão por meio do módulo de medição de energia trifásica
  • Fácil parametrização e configuração por meio de visualização
  • Design modular: Os módulos digitais, analógicos e especiais de I/O podem ser combinados dentro de um nó
  • Escolha entre mais de 500 módulos de I/O diferentes
  • Parametrização/configuração por meio de visualização na web
  • Programação de acordo com a IEC 61131-3
  • Modem via rádio móvel integrado

A energia solar flutua e deve ser regulada.

Tecnologia de conexão – Instalação segura e simples

Ao montar um sistema fotovoltaico, a instalação segura e simples é decisiva. A WAGO permite ambos: Com bornes TOPJOB®S para montagem em trilho, as linhas fotovoltáicas são conectadas de forma confiável e permanente. Bornes seccionáveis e fusível com resistência a altas tensões isolam, com segurança os geradores fotovoltaicos dos inversores. Soluções adicionais como bloqueio de diodos complementam a oferta.

A WAGO simplifica a instalação de parques de energia solar.

Inversores solares - Mais compactos e duráveis com a WAGO

O inversor está no coração de um sistema fotovoltaico. Ele converte a corrente contínua de módulos solares em uma corrente alternada, que é então alimentada à rede elétrica pública. Os dispositivos têm pouca perda com uma eficiência de até 99%. Em outras palavras: somente um centésimo da energia CC é perdido durante a conversão. A durabilidade e desempenho de um inversor é determinada por seus componentes eletrônicos e eletromecânicos. Eles devem funcionar confiavelmente por muitos anos, e garantir a alta funcionalidade e segurança em pequenos espaços. Os bornes de alta tensão para placa de circuito impresso (PCBs) da WAGO atendem essas exigências.

Engenheiro solar conectando um inversor

Gerenciamento de parques eólicos: Produção de energia em conformidade com a rede elétrica

As turbinas eólicas possuem controles eletrônicos modernos. O controlador principal no elemento central está em contato constante com os elementos de controle periféricos, como o sistema de rastreamento de vento e o sistema de ajuste das pás. Esse contato garante a operação perfeita em qualquer condição climática, pela alteração de parâmetros individuais do sistema. A alimentação adequada das turbinas na rede elétrica requer o monitoramento constante da conexão da rede elétrica do sistema. As variáveis da rede elétrica, como a tensão, corrente e frequência são registradas e enviadas continuamente para o sistema de controle da usina, para garantir uma resposta imediata aos valores limitadores que foram excedidos. A WAGO oferece o suporte ao gerenciamento do parque eólico e garante a comunicação estável com o operador da rede elétrica, comerciante direto e com o operador do aerogerador. Isto permite aos atores o acesso sem retardo ao sistema. O WAGO-I/O-SYSTEM 750 garante que os parques eólicos possam ser controlados e monitorados sem falhas. Vantagens da solução de comando remoto da WAGO:

  • Comunicação por meio de protocolos de telecontrole padrão de acordo com a IEC 60870-5-101 /-103 /-104, 61400-25, 61850-7-420, MODBUS e DNP3
  • Graças aos vários módulos de I/O, o sistema de I/O é ideal na rede de distribuição, como para a comunicação serial com dispositivos externos ou para a medição de energia trifásica.
  • Medição e monitoramento das taxas de geração ou consumo (por exemplo, tensão, potência reativa, potência ativa, corrente, cos φ, frequência e direção do fluxo de energia)
  • Controladores disponíveis para todos os sistemas de barramento de campo e padrões ETHERNET comuns
  • Interfaces ETHERNET separadas permitem a criação de redes paralelas
  • Programável via CODESYS de acordo com a IEC 61131-3
  • Segurança cibernética: controladores PFC100/PFC200 cumprem as regulamentações atuais da segurança de TI para operadores de redes elétricas e podem ser reforçados como descrito nas especificações técnicas BDEW.
  • Conectividade na nuvem: conexão à nuvem graças a um upgrade do software MQTT
  • O gerenciamento protegido por senha e baseado na web, impede que usuários não autorizados alterem as configurações do sistema.
  • Blocos de função disponíveis gratuitamente
  • Cliente OPC/XML
  • Cliente IEC 61400-25

Subestação na base de um parque eólico

Bioenergia - Automação segura mesmo em áreas perigosas

Uma usina de biogás produz biogás pela fermentação de matérias-primas primariamente renováveis ou esterco. Na maioria dos casos, o gás é alimentado diretamente nas instalações locais combinadas de calor e energia (CHP) e, em seguida, alimentado na rede elétrica pública. No entanto, o biogás pode ser processado em biometano com a mesma facilidade e alimentação na rede de gás natural ou convertido em CHPs remotos para o uso de aquecimento local descentralizado. O WAGO-I/O-SYSTEM é usado em todas as áreas – seja na automação de processos individuais, no controle de instalações de processamento ou na conexão da usina geradora ao sistema de controle do operador da rede elétrica ou ao fornecedor da energia de controle. Vantagens da solução de comando remoto da WAGO:

  • Comunicação via protocolos de telecontrole IEC 60870-5-101 /-103 /-104, 61400-25, 61850-7-420, MODBUS e DNP3
  • Graças aos vários módulos de I/O, o sistema de I/O é ideal na rede de distribuição, como para a comunicação serial com dispositivos externos ou para a medição de energia trifásica.
  • Medição e monitoramento das taxas de geração ou consumo (por exemplo, tensão, potência reativa, potência ativa, corrente, cos φ, frequência e direção do fluxo de energia)
  • Controladores para todos os sistemas de barramento de campo e padrões ETHERNET
  • Os sinais de processo em zonas Ex podem ser diretamente conectados aos módulos Ex azuis, intrinsecamente seguros da WAGO.
  • Interfaces ETHERNET separadas permitem a criação de redes paralelas.
  • Programável via CODESYS de acordo com a IEC 61131-3
  • A visualização na web permite a você visualizar os processos secundários na porta do gabinete ou diretamente na tela.
  • Segurança cibernética: controladores PFC100/PFC200 cumprem as regulamentações atuais da segurança de TI para operadores de redes elétricas e podem ser reforçados como descrito nas especificações técnicas BDEW.
  • Conectividade na nuvem: conexão à nuvem graças a um upgrade do software MQTT

Fermentadores de usina de biogás

Hidrelétrica: força firmemente sob controle

A energia renovável de usinas hidrelétricas é uma parte importante da transição da energia global. Um alto nível de automação é necessário para operar as usinas hidrelétricas economicamente. Entre outras aplicações, as soluções da WAGO podem ser encontradas em controles de turbina que estão conectados a um sistema SCADA de alto nível para monitoramento e controle de estações de energia. Vantagens da solução de comando remoto da WAGO:

  • Comunicação via protocolos de telecontrole IEC 60870-5-101 /-103 /-104, 61400-25, 61850-7-420, MODBUS e DNP3
  • Interfaces ETHERNET separadas permitem a criação de redes paralelas
  • Segurança cibernética: Criptografia que segue as diretrizes de energia e segurança mais rigorosas da Europa por BDEW e BSI
  • Conectividade na nuvem: conexão à nuvem graças a um upgrade do software MQTT
  • O gerenciamento protegido por senha e baseado na web, impede que usuários não autorizados alterem as configurações do sistema.

Estação de armazenamento de energia nos alpes

Veja as nossas soluções em ação

A sua lista está vazia.

Infelizmente não há nenhum resultado adequado para seus filtros. Você pode alterar ou redefinir totalmente seus critérios de filtragem.

Ficou com alguma dúvida

Opções que podem te ajudar: