Loesungen_Cyber-Security_2000x1125.jpg

Segurança com a WAGO

Dados de máquinas criptografados com a WAGO

Dentro da automação, o processo de manufatura otimizado é o assunto de muitos modelos de negócios no contexto da digitalização. Independente das máquinas serem terceirizadas ou se a comunicação ocorre entre diversas instalações de produção, é inevitável que os dados das máquinas não permaneçam mais onde foram gerados – os dados deixam a fábrica por caminhos diferentes.

Loesungen_Cyber_Security_2000x2000.jpg

Segurança cibernética desenvolvida pela WAGO

Durante tempo demais os dados de máquinas eram avaliados e usados somente nas instalações de manufatura, nas quais eles eram gerados. Assim o risco de acesso não autorizado aos dados era relativamente baixo. O uso de medidas de defesa clássicas garantiam que os dados das máquinas fossem bem protegidos.

A digitalização contínua requer a constante disponibilização dos dados em diversas localidades. Portanto, os dados das máquinas precisam ser criptografados. O caminho dos dados a partir do controlador para um componente de codificação externo, como um roteador ou firewall, pode estar exposto a riscos de acesso não autorizado aos dados.

Os Controladores PFC100 e PFC200 criptografam diretamente as informações no controlador e transmitem os dados para a Nuvem por meio de IPsec ou OpenVPN. Isso garante que os dados das máquinas estejam perfeitamente protegidos contra acessos não autorizados.

Etapa por etapa rumo à solução:

  • Anteriormente: os dados permaneciam no pavilhão de manufatura.
  • Digitalização: a defesa aprofundada acarreta riscos.
  • A solução: criptografia de dados no controlador.
Ficou com alguma dúvida

Opções que podem te ajudar: