icon_ex_explosion_2000x2000.jpg

O que é uma explosão?

Ex|plo|são; -s <lat.> (explosio) significa "escapar sob pressão." O que acontece durante uma explosão, que fatores são importantes e quais as medidas de proteção que estão disponíveis? Você aprenderá tudo o que precisa saber sobre proteção contra explosão aqui .

A ISO 8421-1, EN 1127-1 define uma explosão como “uma oxidação repentina ou reação de decomposição com aumento da temperatura, pressão ou ambos ao mesmo tempo.” Isso se refere a uma reação química que, com a convergência simultânea de oxigênio (ar), um material inflamável e uma fonte de ignição em um raio em particular, fazem com que a temperatura e pressão aumentem. Se o calor que surge não puder ser liberado rápido o suficiente, há uma expansão repentina de volume dos gases concorrentes e uma liberação de uma grande energia de calor, acompanhada por uma onda de pressão: a explosão.

A WAGO na Proteção contra explosão

Princípios da proteção contra explosão

Tudo o que vale a pena saber sobre a proteção Ex em um único lugar.

Gravidade da explosão

A gravidade de uma explosão depende das propriedades dos materiais inflamáveis e da mistura desses materiais com oxigênio: o oxigênio presente no ar queima somente com uma quantidade específica do material inflamável (oxidação). Dependendo da gravidade de uma explosão e da velocidade da propagação da onda de pressão, uma distinção é feita entre a detonação de baixa velocidade (cm/s), deflagração (m/s) e o tipo mais forte de explosão, a detonação (km/s). A mais severa das explosões se espalha a uma velocidade maior que a velocidade do som, desenvolvendo assim um imenso poder destrutivo.

Pré-requisitos para uma atmosfera explosiva

Os seguintes fatores devem estar presentes simultaneamente para que uma explosão ocorra:

  • Um material inflamável no processo de produção ou nos entornos
  • Oxigênio (ar)
  • Fonte de ignição
  • Uma proporção especial entre o oxigênio e o material inflamável

O conhecimento de que uma explosão somente surge, assim que uma atmosfera sujeita à explosão e uma fonte de ignição estão presentes simultaneamente é importante para a proteção contra explosão.

Materiais combustíveis

Materiais inflamáveis incluem vapores, neblina, gases e poeira. Esses podem surgir acidentalmente durante o processo de fabricação e produção, durante o transporte ou armazenagem. A poeira de materiais que são separados para a continuação do processamento é especialmente comum em áreas industriais. Explosões de poeira podem ter efeitos tão devastadores quanto explosões de gás: a mistura de gás e ar propaga rapidamente durante uma explosão, reduzindo, assim, a concentração de material inflamável (mistura pobre). A combustão adicional não é mais possível. Em contrapartida, a mistura de poeira-ar levanta camadas de poeira durante uma explosão, a qual pode inflamar. No entanto, a explosão da mistura de gás-ar também pode agitar a poeira, a qual transforma a explosão de gás em uma explosão de poeira.

Ponto de fulgor e limites de explosão

Materiais inflamáveis misturados com oxigênio, somente são inflamáveis em um raio específico e entram em combustão assim que uma fonte de ignição está presente. Aqui, o ponto de fulgor de um material e seu limite de explosão têm um papel decisivo.

Ponto de fulgor

“Ponto de fulgor” descreve a temperatura inferior de líquidos inflamáveis, na qual uma mistura de vapor-ar é formada. O ponto de fulgor nesta mistura híbrida deve ser inferior àquela dos componentes individuais. Com essas misturas de vapor-ar, a taxa de concentração decide se é possível que uma atmosfera com capacidade de explosão se forme ou não. Isso descreve os limites de explosão de materiais individuais: cada material inflamável tem uma faixa em particular como mistura com oxigênio, na qual pode ocorrer uma explosão. Com concentrações altas demais (mistura rica) e com concentrações baixas demais (mistura pobre), uma explosão não ocorre, mas uma reação estacionária ou nenhuma reação de combustão. A mistura só reage de forma explosiva quando inflamada na faixa entre o limite superior e o inferior da explosão.

Limites de explosão

Limites de explosão, no entanto, dependem da pressão, temperatura e concentração de oxigênio. Além disso, existem também substâncias quimicamente instáveis, como o césio, o rubídio ou mesmo o fósforo branco, que se inflamam apenas pelo contato com o oxigênio ou o ar; essas substâncias são chamadas de “pirofóricas”. É preciso ter cuidado especiais ao manipular essas substâncias. Isso também se aplica a acúmulos de poeira. Neste caso, o perigo da auto-combustão aumenta com a espessura do acúmulo. O efeito isolante da poeira pode causar a formação de calor, levando à auto-combustão. Informações sobre os pontos de fulgor e limites de explosão precisos de um material estão descritos na respectiva folha de dados técnicos de segurança. Se for possível a formação de uma atmosfera sujeita à explosão, isto será informado no documento.

Leia mais aqui

O que acontece durante uma explosão, que fatores são importantes e quais as medidas de proteção que estão disponíveis? Tudo o que você precisa saber sobre a ATEX, zonas Ex, categorias de proteção contra a ignição e etc.

Produtos da WAGO com proteção contra explosão

A WAGO no trabalho

Aplicações de proteção contra explosão

Como parceiro e líder em inovações, a WAGO torna muitos projetos interessantes em realidade. Descubra o que podemos facilitar com nossas soluções criativas e eficientes na área de tecnologia de processos.

Ficou com alguma dúvida

Opções que podem te ajudar:

Leitura recomendada

A WAGO em outras indústrias

As tecnologias de automação e conexão elétrica WAGO não estão apenas representadas na área da engenharia de processos. Conheça as soluções que a WAGO oferece nas outras indústrias.

Uma indústria em transição

As tecnologias de automação e digitalização modernas dão origem às smart grids comunicativas.
brancheneinstiege_energie_2000x1125.jpg