Tópicos
Sistema de medição com valor agregado

O novo sistema de “Gerenciamento de dados de energia da WAGO” registra e gerencia com facilidade os dados de energia sem nenhuma programação e o upgrade pode ser feito a qualquer momento.
As empresas estão cada vez mais analisando a eficiência de seus prédios e equipamentos. Por um lado, as regulamentações legais exigem isso, por outro, as economias potenciais, as quais poderiam, no fim, levar a vantagens competitivas decisivas, também parecem sedutoras. No entanto, o nível de economias potenciais só pode ser determinado quando todos os tipos de energia e seus consumidores forem sistematicamente registrados e os dados forem visualizados no contexto apropriado. A base para tudo isso é um bom sistema de medição.

Vantagens do Gerenciamento de dados de energia da WAGO

  • Registro modular de dados de energia e processos
  • Fácil parametrização de entradas por meio da visualização da web - sem necessidade de programação
  • Conecte sensores existentes ao WAGO-I/O-SYSTEM
  • Visualização integrada
  • Avalie dados de energia e crie um plano de eficiência
  • Use Indicadores de desempenho-chave (KPIs) para obter a ISO 50001

Complexidade da solução de medição

Em termos práticos, no entanto isso muitas vezes se mostrou bastante difícil, pois para estabelecer transparência entre os tipos de energia é necessário canalizar os diferentes tipos de dados de medição em um único sistema. A solução de medição é normalmente adaptada à situação, além de ser extremamente complexa. Além de definir os pontos de medição individuais, a seleção de dispositivos de medição, medidores, sensores adequados e sua instalação posterior a programação do sistema de é complicada, demorada e normalmente impulsiona altos custos. E quando o sistema de medição finalmente funciona, ele rapidamente coleta montanhas de dados que precisam ser tratados.

Coleta modular de dados de energia e processos

Um sistema de medição adequado deve atender três critérios de segurança. Ele deve ser fácil de integrar ao sistema, operar de maneira econômica e deve garantir que o processamento dos dados coletados seja simples. E exatamente esta é a solução oferecida pelo novo sistema de "Gerenciamento de dados de energia da WAGO. Ao combinar o hardware pré-configurado e o software intuitivo em um pacote, o sistema de medição da WAGO pode ser prontamente integrado nos sistemas e tecnologias prediais. O recurso diferenciado: além de valores específicos de energia como correntes ou tensões elétricas, muitos outros valores de medição também podem ser registrados, os quais são relevantes para as tecnologias industriais, de processos ou para aplicações prediais. Por exemplo, corrente, gás, calor, água, ar comprimido e temperatura podem ser medidos em um sistema, propiciando uma visão abrangente dos fluxos de energia e processos de produção de uma empresa.

Base sólida: PFC200 e WAGO-I/O-SYSTEM 750

O Controlador PFC200 e o hardware do WAGO-I/O-SYSTEM 750 formam a base no lado do hardware. O design modular torna o sistema prontamente adaptável às exigências específicas. Para o consumo do dispositivo de registro e específico do processo, diversos módulos de I/O são conectados em série aos controladores, como módulos de medição de energia trifásica para medições do consumo de energia, contadores de pulso, interfaces para vinculação de medidores M-bus e para sensores EnOcean baseados em rádio. Diversos outros módulos também estão incluídos para o registro de sinais de corrente e tensão analógicas e digitais.

Software moderno

O aplicativo de software padrão do sistema torna a suite de "Gerenciamento de dados de energia da WAGO" incrivelmente fácil de usar. Pré-carregado no PFC200, o software detecta automaticamente os módulos de I/O conectados na inicialização. As entradas para o registro de dados são ajustadas por meio da simples parametrização. Todas as configurações, para a primeira inicialização e durante a operação podem ser realizadas com o clique de um mouse – nenhuma programação necessária. Como a interface de usuário gráfica pode ser acessada via HTTPS e por qualquer navegador da web, não há necessidade de instalar softwares localmente. A visualização da web elimina todas as complicações da configuração do sistema de monitoramento de energia. O encaminhamento de dados para o software de gerenciamento de energia de nível mais alto é realizado via MODBUS TCP/IP ou como arquivo CSV via FTPS. Além disso, é possível salvar o histórico em um cartão SD. A solução flexível da WAGO foi criada para adaptação a infraestruturas existente e sistemas de gerenciamento, oferecendo às empresas com procedimentos básicos para gestão de energia uma visão geral melhor de seus pontos de medição, de maneira simples.

Visualização incluída

Diferentes avaliações podem ser geradas usando a ferramenta de visualização integrada, a qual oferece diversos tipos de diagramas e representações para a visualização dos dados. Desta forma, as empresas podem gerar curvas de consumo que são sincronizadas ao seu fornecedor de energia (PSC) ou determinar que consumidores são os responsáveis por cargas de pico, usando o display segundo-a-segundo. Além disso, o uso de energia pode ser monitorado em relação a adaptações específicas do processo, para determinar o quanto de energia seria economizado usando motores de velocidade variável ou novas lâmpadas, ou ainda pela redução de vazamentos no sistema de ar comprimido. O sistema de "Gerenciamento de dados de energia da WAGO" também é ideal para empresas que apenas estão começando a monitorar a energia ou que desejam fazê-lo, sem software de nível mais alto.

Altos potenciais de economia para a indústria

O monitoramento de energia vale a pena, principalmente para empresas industriais, como comprovado pelos números. De acordo com o monitoramento do setor de eficiência energética da Iniciativa da Indústria Alemã para Eficiência Energética (Energy Efficiency (DENEFF)), este setor consumiu um total de 2.508 petajoules em 2014. O valor está apenas levemente abaixo de um terço de todo o consumo de energia do país. Quase 65% do que foi usado para gerar calor de processo. De acordo com a Agência de Energia Alemã (German Energy Agency (DENA)), aproximadamente 15% dessa energia poderia ter sido economizada. A proporção da energia elétrica usada para aquecimento de processo foi marginal, no entanto a eletricidade está ganhando cada vez mais importância dentro da mistura de energia industrial. Atualmente, as operações industriais consomem 45% da energia elétrica consumida na Alemanha. A Agência Ambiental Federal estima que o potencial de economia neste caso seria de aproximadamente 20%. Estas estatísticas tornam claro que o sucesso da transição para uma maior eficiência energética depende fortemente da indústria.

O alicerce da eficiência aumentada

Para obter uma maior eficiência energética, as empresas na Alemanha foram obrigadas, a partir de 2015, a realizar auditorias de energia regulares ou introduzir o gerenciamento de energia. O novo sistema de "Gestão de dados de energia da WAGO é a base certa para ambos. Para que os resultados de medição sejam significativos as empresas devem considerá-los no contexto de indicadores de desempenho energético (EnPIs), além de outros dados operacionais relevantes. A avaliação individual oferece novas informações em cada fase do gerenciamento de energia relacionada a potenciais de economia na empresa.

Texto: Julia Ockenga, Lukas Dökel ǀ WAGO
Foto: Fotolia.com, WAGO

A WAGO no trabalho

Aplicações de clientes: Gerenciamento de energia

Como parceiro e líder em inovações, a WAGO torna muitos projetos interessantes em realidade. Saiba mais sobre nossas soluções criativas e eficientes para o gerenciamento de energia.

Ficou com alguma dúvida

Opções que podem te ajudar:

Isto também pode interessar você

Avance com a WAGO

As tecnologias de automação e conexão elétrica WAGO não estão apenas representadas no gerenciamento de energia. Descubra em que áreas nos também estamos trabalhando.